. Clique na foto para ampliá-la
.
.
CASA DA ARCA
.
Um raro exemplar de construção em estilo “pênsil”, dos poucos que chegaram ao século XXI no Serro. Foi moradia de importantes personagens históricos, começando pela famosa Maria do Ouro Fino, ainda no século XVIII. No início do século XIX, a casa era de propriedade de Roberto Mascarenhas de Vasconcelos Lobo, filho de Bernardo da Fonseca Lobo, o descobridor dos diamantes do Serro Frio (Tijuco).

Lá residiu também o Capitão Henrique Lessa, filho do Barão de Diamantina. Outra mulher de tradicional família serrana, famosa nos acontecimentos cívicos de 1831, D. Maria Salomé Perpétua de Queiroga, ali residiu e fundou a "Casa da Arca", destinada a recolher meninas e moças desamparadas.

Foi também residência de Augusto Clementino da Silva, deputado à Constituite Mineira de 1891. Em 1999, encontrava-se praticamente em ruínas. Hoje, lamentavelmente, não existe mais, demandando um urgente projeto de reedificação.
Localização: Antiga Rua da Cadeia (próxima à Santa Casa).
.
.

• ANTIGOS MORADORES DA CASA:
.
- Dona Maria do Ouro Fino (clique)
.
- Dona Maria Salomé Perpétua de Queiroga
Mulher de tradicional família serrana, esposa do Coronel Bernardino José de Queiroga. Ficou famosa nos acontecimentos cívicos de 1831, por ter liderado um grupo de mulheres que elaborou um manifesto de apoio ao movimento revolucionário pela abdicação de D. Pedro I. Dona Maria Salomé manteve por longos anos um projeto social chamado "Arca", destinado a criar e apoiar meninas e moças desamparadas do município do Serro. Sendo seu cadáver encontrado incorrupto alguns anos depois de sua morte, foi considerada "santa" por muitos dos conterrâneos, que lhe atribuem vários "milagres". Viveu entre 1773 e 1848 e teve 19 filhos, entre os quais o Presidente de Minas no período do Império, Dr. Bernardino José de Queiroga Jr. (1848).
.
- Augusto Clementino da Silva
Médico (Curvelo, Diamantina e Serro), fazendeiro e político republicano, foi Intendente do Serro, Deputado Estadual (1891/95 e 95/98) e Federal (1897/99). Estudou no Caraça e formou-se no RJ. Na Constituinte Mineira de 1891, como Deputado, liderou uma grande campanha pela mudança da capital do estado, destacando-se também como articulador das emendas na Assembléia Legislativa, tendo lhe cabido, ao final, o voto de desempate que definiu a transferência de Ouro Preto para Belo Horizonte. Foi fundador do IHGMG. Nasceu no Serro, em 18/jul/1861, e faleceu na mesma cidade, em 19/set/1952.
.
.
• ILUSTRAÇÃO / FOTOS:
.
1- Frente da casa (Foto: Klauss Zagnoli, jan/97).
.
2- Fundos da casa (Foto: Klauss Zagnoli, jan/97).
.
3- Ilustração: Manifestação de rua, no Serro, comandada por Teófilo Otoni, com o apoio de um grupo de mulheres lideradas por Maria Salomé Perpétua de Queiroga. No dia 7 de abril de 1831 os revolucionários conquistaram a vitória, com a abdicação de D. Pedro I.
.
4- Simulação da imagem de Maria do Ouro Fino (da pintura de Debret, "Jantar de Família Rica").
.
• Fonte: "GUIA DO SERRO"
.
.
• Se você quer ter todas as informações deste Flogão em livro, pode pedir o "GUIA DO SERRO". É só clicar no link: GUIA DO SERRO em livro
.
.
• VEJA MUITO MAIS COISAS SOBRE O SERRO NA PÁGINA INICIAL DESTE SITE: GUIA DO SERRO
.
.
A NATUREZA, A ARQUITETURA E OS BENS CULTURAIS DO SERRO TAMBÉM SÃO SEUS. AJUDE A PRESERVÁ-LOS.